Alimentação saudável em um restaurante japonês

Alimentação saudável em um restaurante japones - NAKOMBI

Cuidar do corpo e da saúde tem sido o objetivo da grande maioria das pessoas, que tem buscado na alimentação a prevenção para doenças e diversos problemas de saúde, assim como um auxílio para manter o corpo em forma e até mesmo perder peso, dependendo daquilo que se come. Por isso, comer bem e de uma maneira equilibrada e saudável, é a meta de muita gente.

Mas, para quem tem o costume de comer fora de casa, ter uma alimentação saudável pode ser um desafio, afinal, driblar a vontade de comer e mesmo estando fora de casa manter a dieta é bastante difícil e assim as pessoas têm procurado, então, opções de culinária mais saudáveis e acabam fazendo suas refeições em restaurantes vegetarianos e até mesmo japoneses.

 

A saudável culinária japonesa

Não há como negar que a comida japonesa é uma das mais saudáveis que existem. Muitas vezes com ingredientes aos quais não estamos acostumados e modos de preparo que diferem muito da tradição Ocidental, os japoneses conseguem criar pratos bonitos e saborosos, saudáveis e cheios de vitaminas e minerais, ou seja, uma carga de boa saúde para quem experimenta.

Entre vegetais, grãos e carnes, frutos do mar e chás, os japoneses têm em sua casa uma verdadeira farmácia alimentar, na qual cada alimento garante algo positivo para organismo e a associação dos ingredientes é capaz de ajudar muito a saúde do corpo e da mente. Porém, apesar de reservar tantos benefícios para as pessoas, a culinária japonesa também possui pratos que podem fazer mal para a saúde ou a dieta e por isso é preciso ficar de olho mesmo num restaurante japonês.

 

Comidas japonesas pouco saudáveis

Comer peixe é um hábito saudável, certo? Em especial aqueles ricos em ômega 3, 6 e 9. Mas, nem sempre o peixe é saudável e o que vai dizer se ele vai te fazer bem ou mal é o seu modo de preparo.

As substâncias presentes num peixe cru e num peixe frito são muito diferentes e por isso mesmo cada um dos modos de preparo possui suas singularidades. O peixe cru conserva toda a nutrição que essa carne pode te oferecer, mas se o mesmo for frito, a fritura vai acarretar altas taxas de colesterol, ou seja, nada saudável. Não é raro pratos preparados fritos num restaurante japonês e esses pratos, por serem fritos, não fazem bem à saúde.

Além dos pratos fritos, a culinária japonesa ainda conta com muitos temperos e molhos e principalmente o shoyo, um dos mais utilizados para temperar sushis e sashimis, é rico em glutamato monossódico e açúcar, ou seja, também nada bom para a saúde.

O arroz utilizado na culinária japonesa também traz as características do arroz branco ocidental: rico em carboidratos que se transformam em açúcar e, assim, o arroz também pode ser prejudicial.

 

Como driblar os alimentos pouco saudáveis

Mas apesar de também possuir alguns pratos que não fazem bem para a saúde, a culinária japonesa possui muitos outros que têm ação contrária e ainda o modo de consumir os alimentos também ajuda a equilibrar essas substâncias. Por exemplo, diminuir a quantidade de shoyo ou preferir somente o utilizado pelo chef, sem acrescentar mais nada. Evitar outros molhos e temperos, apostar no sashimi, que é saudável, consumir o gengibre que é termogênico e faz muito bem para a saúde, apostar no tofu, rico em cálcio e fonte de proteínas e sempre preferir pratos grelhados.

Toda culinária sempre terá algo que pode fazer mal para a saúde, mas também sempre há alternativas de preparo e consumo, de modo que mesmo pessoas que tenham problemas de saúde ou que vivam uma dieta muito rigorosa, podem se deliciar com os pratos sem risco algum. Basta saber como pedir o seu prato e sempre fugir de muitos condimentos, optando pelo natural e fresco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *